(43) 99123-6022

FUNÇÕES DOS AMINOÁCIDOS NO USO DE HERBICIDAS

Na agricultura, a redução na produtividade pode estar atrelada às desordens fisiológicas que afetam a produção de compostos essenciais aos ciclos das plantas, entre eles os aminoácidos.


Os aminoácidos são moléculas que possuem importante papel no metabolismo dos vegetais e estão diretamente ligados a: síntese de proteínas, precursores hormonais, metabolismo de estresse, aumento da fotossíntese, absorção de nutrientes, entre outras atribuições essenciais ao bom desenvolvimento das plantas.

AÇÕES E EFEITOS DOS HERBICIDAS

O manejo da produção agrícola visando altos patamares de produtividade demanda o uso de várias ferramentas, entre elas, o correto uso de herbicidas para o controle das ervas daninhas. Alguns grupos de herbicidas atuam inibindo a atividade de enzimas ou proteínas celulares e, como consequência, desencadeiam uma série de eventos que inibem ou interrompem definitivamente o desenvolvimento celular das plantas.

Os aminoácidos são moléculas que possuem importante papel no metabolismo dos vegetais e estão diretamente ligados a: síntese de proteínas, precursores hormonais, metabolismo de estresse, aumento da fotossíntese, absorção de nutrientes, entre outras atribuições essenciais ao bom desenvolvimento das plantas.

O glifosato, herbicida amplamente utilizado, possui moléculas responsáveis por inibir a síntese de importantes aminoácidos. Pertence ao grupo dos herbicidas inibidores da enzima EPSPs, responsável por uma das etapas da síntese de importantes aminoácidos que estão diretamente ligados ao desenvolvimento de raízes e compostos de defesa das plantas.

Saber como os herbicidas atuam ajuda a definir a correta forma de uso e, principalmente, a entender os sintomas de injúrias que estes produtos podem causar às culturas.


COMO REDUZIR ESSES EFEITOS?

Uma excelente forma de minimizar os impactos negativos do uso de herbicidas aos cultivos é através da aplicação de aminoácidos, especialmente, os encontrados em produtos bioativadores fisiológicos como o Fertigofol® Ultra.


FERTIGOFOL ULTRA 

O Fertigofol® Ultra é um fertilizante mineral misto para aplicação via foliar, contendo Nitrogênio, Fósforo, Potássio, Boro, Ferro e Manganês e aminoácidos. A formulação diferenciada do Fertigofol Ultra fornece os nutrientes de forma balanceada prevenindo ou corrigindo deficiências e auxiliando na recuperação das plantas em condições de estresse.O Fertigofol® Ultra é um fertilizante mineral misto para aplicação via foliar, contendo Nitrogênio, Fósforo, Potássio, Boro, Ferro e Manganês e aminoácidos. A formulação diferenciada do Fertigofol Ultra fornece os nutrientes de forma balanceada prevenindo ou corrigindo deficiências e auxiliando na recuperação das plantas em condições de estresse.


BENEFÍCIOS

- Bioativador que disponibiliza nutrientes e aminoácidos essenciais combinados;

- Incrementa a fotossíntese, ativa o metabolismo e acelera a recuperação das plantas;

- Promove o desenvolvimento vegetativo e reforça o sistema radicular;

- Proporciona maior resistência aos estresses que afetam a produção e a qualidade;

- Possui alta compatibilidade com as misturas mais complexas.


RECOMENDAÇÃO DE USO: 0,5 a 1,0 L/ha 

- Aplicação de manutenção: aplicar durante estágio vegetativo e/ou reprodutivo;

- Aplicação de recuperação: aplicar após estresse (biótico e/ou abiótico). 




Marketing De Sangosse